segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Visita ao Instituto Federal


Alunos dos 9º anos da escola, visitaram neste dia 16/10 o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul.
























segunda-feira, 13 de outubro de 2014

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Carta Aberta da Juventude de Ponta Porã

Ponta Porã MS, 15 de Julho de 2013


Carta Aberta da Juventude de Ponta Porã

Após a realização do I Fórum Municipal de Politicas Públicas Para a Juventude, ocorrido no dia 26 de Abril de 2013 no Centro Internacional de Convenções Miguel Gomez, com participação de cerca de mil e duzentos jovens, em sua maioria estudantes de todos os níveis (Fundamental, Médio e Superior), faz-se necessária à confecção da presente Carta, a fim de formalizar o que foi ali exposto.
Vale destacar a participação de lideranças estudantis das Escola Estadual Pedro Afonso Goldoni, localizada no distrito de Sanga Puitã, Escola Estadual João Brembatti, Escola Estadual Geni Marques Magalhães, Escola Estadual Joaquim Murtinho, Escola Estadual Ade Marques, Escola Anglo MAPPE (Moderna Associação de Pontaporanense de Ensino), Escola Estadual Miguel Marcondes Armando, Escola Estadual Deputado Fernando Cláudio Capiberibe Saldanha, Escola Estadual Nova Itamarati, Escola Municipal São João, UPEr (União Pontaporanense de Estudantes e Região), Grêmio Estudantil Prof° Jair Costa, GAM (Grêmio Estudantil Anglo MAPPE), e outras aqui não mencionadas.
Elabora-se este documento oficial descrevendo as principais reivindicações da juventude, as quais apresentaram suas propostas através da organização de grupos de trabalho, estes com muitos integrantes das mais diversas regiões do nosso município.
As principais diretrizes propostas pelos jovens presentes no evento foram o desenvolvimento de políticas públicas para a juventude nos seguintes aspectos:
a)    transporte público de qualidade, barato e acessível;
b)    revisão da lei de meio passe e substituição da mesma por uma nova lei que isente os estudantes do pagamento de transporte até suas Instituições de Ensino;
c)      criação de um terminal de transborto fechado e seguro que abrigue apenas usuários do transporte coletivo público, e que este terminal isente o usuario de novo pagamento de tarifa, tornando possível o pagamento de passagem única para uso do transporte coletivo em nossa cidade;
d)    necessidade de implantação de uma nova politica pública para reorganização do trânsito, entre os anseios da juventude notou-se através dos grupos de trabalho que nesta reorganização sejam elaborados projetos que venham a se tornar programas que viabilizem acessibilidade, principalmente aos portadores de necessidades especiais;
e)    elaboração de planos e propostas que desenvolvam a inclusão do portador de necessidades especiais tanto no aspecto de deslocamento (trânsito), quanto no aspecto de desenvolvimento de politicas para adaptação e inclusão dos mesmos no mercado de trabalho;
f)     necessidade de implantação de novos cursos de nivel superior e técnico médio, de preferência públicos. Muitos jovens deixam Ponta Porã devido a falta de cursos de capacitação e são obrigados a ir para outras cidades e muitas vezes acabam não retornando deixando nossa fronteira excassa de mão de obra capacitada;
g)    que o Governo Municipal atraia mais industrias e fomente o comércio fronteiriço, a fim que os jovens consigam seu primeiro emprego;
h)   necessidade de maior segurança pública, sobretudo, no período noturno, onde vários jovens retornam das escolas ou faculdades e ficam a mercê da criminalidade;
i)     desenvolvimento de projetos que esclareçam o jovem dos males e consequencias produzidos pelo uso de drogas, como também de programas que trabalhem com aqueles que já foram agredidos pelo mal hábito do seu uso.
Desta forma a coordenação dos grupos de trabalho do evento que fora promovido pelo Governo Municipal de Ponta Porã através da SEJUL (Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer), torna público as principais reivindicações da juventude de nosso municipio.



Carta Aberta aos estudantes e a população de Ponta Porã e Região.

                Carta Aberta aos estudantes e a população de Ponta Porã e Região.

A União Pontaporanense de Estudantes e Região – UPEr, entidade devidamente registrada em cartório, fundada em 6 de julho de 1981, através da sua nova diretoria, eleita em 22 de maio de 2014, composta pelo Presidente Markon Machado, Vice Wanderley Brandão dos Santos Junior, Secretária Geral Maria Natália Leite Alvarenga, Tesoureiro Geral Christian Alex Godoy, Conselho Fiscal presidido por Ismael dos Santos Oliveira assessorado por Angélica da Silva e Marcia da Silva vem através desta registrar e informar as ações da Diretoria anterior que cumpriu seu mandato de 2010 a 2014.
A UPEr atua principalmente na defesa dos direitos do Estudante, no apoio e elaboração de ações que fomentem a cultura, o esporte, o lazer, a participação politica e melhorias para a Educação, além de lutas pela classe e por melhorias para a população.
A atual diretoria da UPEr vem através desta carta aberta informar as ações da UPEr nos últimos anos com a proposta de tornar clara sua atuação e o compromisso da nova diretoria em realizar um trabalho de atuação no Movimento Estudantil ainda maior e melhor, de forma integrada com a sociedade, as Instituições de Ensino, as outras Organizações Estudantis, o poder publico e a população em geral.
De 2009 a 2013 a UPEr realizou o Desafio Interescolar de Conhecimentos Gerais, criado a principio pelo Programa de TV, Eu quero o Melhor, apresentado por  Jovilson Gimenes na TV RIT, que envolveu 13 escolas secundaristas de Ensino Médio, ou seja um envolvimento direto de mais de quatro mil estudantes ao todo, num alcance incalculável indireto onde através deste evento valoriza-se o estudante que se dedica aos estudos as instituições participantes.
Em 2010, firmou uma parceria com o PROCON para garantia de direitos do consumidor (estudante), como o direito a Meia Entrada.Resgatou o tradicional Concurso Cultural de Beleza chamado “Concurso Garoto e Garota Estudantil” para estudantes da Educação Básica e o “Concurso Garoto e Garota Estudantil Universitário” realizando-os em novo formato. Concurso este que era tradicionalmente realizado pela UPEr na década de 90.
Realizou também em 2011 e 2012, o Festival Estudantil de Musica que visa divulgar os trabalhos das bandas e grupos musicais formadas por estudantes de Ponta Porã. Este evento, em 11 de agosto de 2011, reuniu cerca de 3000 pessoas no ginásio das Faculdades Magsul.
            Desde 2012 realiza o Concurso Cultural de Redação UPEr- Rilex, em parceria com o informativo cultural Rilex, o tema em 2012 foi “O Centenário de Ponta Porã” e em 2013 foi “Juventude Cidadã”, onde estudantes escreveram sobre o legislativo, executivo, judiciário e sua visão geral da cidade de Ponta Porã e do Brasil.
Em 2011 apoiou o abaixo assinado coordenado pela estudante secundarista Mirella Eduarda, da Escola Estadual Joaquim Murtinho que reivindicava a instalação do Curso de Medicina em Ponta Porã (Curso que poderá ser implantado pela UNIESP em breve).
Naquele mesmo ano, foi parceira da UNOPAr reivindicando ampliação  de cursos no Campus de Ponta Porã onde destacou-se o trabalho da Coordenadora da Faculdade, a professora Eliane Silvestre, que atendeu as solicitações informais e em 2012 disponibilizou a ampliação de seus cursos para Ponta Porã, entre eles, matemática e em 2014 mais cursos ainda, entre eles, Educação Física.
Em 2012 defendeu na Câmara de Vereadores de Ponta Porã através da fala da Estudante Bruna Salinas, a criação de uma Secretaria Municipal de Juventude, para elaboração de politicas públicas para a Juventude. 
Naquele ano ainda, realizou o Debate entre os “prefeitáveis” da cidade de Ponta Porã, que reuniu quase duas mil pessoas e foi considerado por alguns críticos fundamental na decisão da juventude para escolher seu candidato naquele pleito eleitoral. Durante o debate reivindicou aos candidatos que moram fora e estudam fora de Ponta Porã, assim como o apoio financeiro aos estudantes residentes em Ponta Porã. Desta forma foi parceira a AUPP e da AAI na reivindicação de auxilio para estudantes universitários residentes em Ponta Porã que cursem o nível superior em Dourados e estudantes que moram nos assentamentos e estudam em Ponta Porã, onde a AUPP e AAI encabeçaram a campanha de transporte gratuito para estes Universitários.   
Ainda em 2012, através do vereador Agnaldo Miudinho conquistou depois de 31 anos de criação o título de utilidade pública municipal.
Em 2013 foi parceira da SEJUL na elaboração do projeto Juventude no Legislativo encabeçado pela SEJUL e apoiado pelas principais instituições de ensino de Ponta Porã. Colaborou com a criação do primeiro DCE em uma instituição privada em Ponta Porã, o DCE FAMAG. Apoiou a SEJUL na elaboração e realização do Primeiro Fórum de Politicas Publicas para a Juventude, onde atualmente um dos membros indicados pela UPEr ocupa a Vice- Presidência deste conselho.
Recebeu o convite da Web Radio Educadora e participou do Programa Educa Jovem que animava a juventude 2h por dia com programações ao vivo pela Internet.
Durante a semana santa em 2013 foi uma das parceiras da IASD (Igreja Adventista do Sétimo dia) na realização da Campanha Vida por Vidas realizada no Parque dos Ervais que incentivava a doação de Sangue e o cadastro de doadores de medula óssea como ação de cidadania Pró-Saúde.
É parceira da UNIESP desde a sua implantação em Maio de 2013 em Ponta Porã nas unidades FAP e FATEP, tanto na divulgação de seus cursos como também como nas realizações de Projetos Sociais.
Em Julho de 2013 participou das manifestações junto à classe trabalhadora e aos movimentos sociais em Campo Grande, no Estado de Mato Grosso do Sul encabeçada pela FETEMS e em Ponta Porã pelo SIMTED, onde entre as reivindicações da pauta nacional, defendia mais segurança para a Região de Fronteira, 10% do PIB para a Educação (Pauta também defendida pela UNE e UBES) e mais uma vez Passe Livre para estudantes.
Atualmente a UPEr desenvolve um curso gratuito de Teatro com professores voluntários para estudantes secundaristas. Assim como através de uma parceria com a Associação Municipal de Kung Fu, onde distribui-se  bolsas parciais e integrais para estudantes secundaristas de rede publicas carentes. Participa ativamente de eventos realizados pela SEJUV – MS, em Ponta Porã é possui vagas no CMTT (Conselho Municipal de Transito e Transportes de Ponta Porã), e CMPP (Conselho Municipal da Mulher em Ponta Porã). Desenvolve palestras e programas de conscientização com os estudantes de Ponta Porã nas mais diversas áreas, entre outros.
Em parceria com UNIESP e a Câmara dos Vereadores de Ponta Porã realiza o Projeto/Programa Universitário Consciente onde os universitários da UNIESP ganham bolsa da Instituição e com a Coordenação da UPEr fiscaliza a situação da cidade registrando informações e coletando dados para levar ao Legislativo para que este solicite ações de melhorias junto com o Executivo.
Também desenvolve o Curso de Teatro coordenado pelo Professor voluntário formado em Artes Cênicas, Tony Moura, onde o mesmo ensina gratuitamente estudantes da rede Pública.
No inicio deste ano trouxe pela primeira vez para Ponta Porã um membro da executiva da UNE, a 3ª  Vice- Presidente, Adriele Manjabosco, que em agenda em Ponta Porã realizou diversas palestras e debates com estudantes secundaristas e universitários e participou do ato onde a UPEr passou a reconhecer oficialmente a UNE como entidade nacional representativa dos estudantes de nível Superior e a UBES como entidade nacional representante dos estudantes secundaristas.
Desta forma a nova diretoria da UPEr faz saber através desta carta aberta as ações da diretoria anterior e se compromete a trabalhar para continuar desenvolvendo ações do ME (Movimento Estudantil) em Ponta Porã e Região como assim fizeram muitos dos que passaram pela diretoria desta organização durante toda sua história.

Ponta Porã, 24 de Julho de 2014.

Diretoria:
Presidente da UPEr: __________________________________________________
Vice Presidente: _____________________________________________________
Secretaria Geral: _____________________________________________________
Tesoureiro Geral: _____________________________________________________
Presidente do Conselho Fiscal: ___________________________________________


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 


História da UPEr


            A UPEr, União Pontaporanense de Estudantes e Região, entidade que representa regionalmente os nossos estudantes, está  completando 25 anos nesta segunda-feira.
            Criada logo após a reconquista da democracia no Brasil e do movimento das Diretas já, foi fundada em 6 de julho de 1981 por Aley Ale com o objetivo de defender os direitos individuais e coletivos dos estudantes. Sobre a década de 80, poucos registros há. Em 1986, na gestão de Álvaro Soares, a organização pode comemorar a implantação do Campus da UFMS em Ponta Pora.
            Em 1992, na gestão Anísio Rodas, a entidade celebrou também a conquista do Passe Livre que foi sua marca durante toda a década de 90.Após Anisio, por algum tempo até 1994, Ageu de Oliveira foi presidente interino. Em 1995 no mandato de Veimar Marques a instituição passou a enfatizar a luta pelo Passe Livre, onde contou com o apoio da UDE (União Douradense de Estudantes). A conquista imediata possibilitou aos estudantes o uso do benefício a partir de julho daquele mesmo ano. Os passes livres estudantis, a principio eram impressos pela Prefeitura e repassados às escolas, para que as mesmas entregassem aos estudantes. Em 1997 a UPEr propôs modificações na regulamentação da Lei, beneficiando os estudantes. A partir daquele ano, passou a ficar responsável pela distribuição dos passes. Em agosto de 1998, começou a pagar para empresa Junior Transportes pela Impressão do passe. No ano seguinte, este foi garantido na justiça. A instituição conseguiu a manutenção do mesmo através de diversas lutas ate o ano de 2008, quando durante a administração do então prefeito Flavio Kayatt este direito foi retirado e substituído pela lei de meio passe sob autoria da Professora Dulce Manosso.
            Em 2003, a UPEr participou de manifestações em Brasília – DF reivindicando a reinstalação de cursos em Campus da UFMS abandonados, como o de Ponta Pora. As manifestações surtiram efeito e em 2009, o CPPP (Campus de Ponta Pora) voltou a oferecer cursos da Universidade Federal.
            No ano da instalação dos mesmos, a UPEr sofreu uma profunda renovação e passou a contar com novos nomes, novas lideranças e uma nova proposta de trabalho. Desde então, tem procurado agir em parceria com o Comercio, as Instituições de Ensino, Publicas e Privadas, de nível, básico e superior. Ainda em 2009, organizou o VII encontro Municipal de lideres, onde se destacaram nomes como Everton Barboza, Isaias de Almeida, Douglas Pequeno, Thiago Eugenio Vedana, Kesia Ortiz, Carolaine Oliveira e Thuyane Alves. Em uma parceria com o programa Hit Parade Brasil, da Nova FM, apresentado por Giovani César e também passou a promover debates com diversos estudantes de nível médio e universitário sobre complexos temas.
            Em uma parceria com Jovilson Gimenes, então apresentador do Programa de TV “Eu Quero o Melhor”, promoveu o Desafio Interescolar, uma competição diferente, que visava estimular e valorizar as Intuições de Ensino de Ponta Pora e os seus melhores estudantes. Os novos lideres fizeram sucesso e conquistaram a simpatia e apoio de diversos professores, coordenadores e ate mesmo diretores das Instituições de Ensino.
            Em 2010, as eleições para nova diretoria da UPEr, elegeram como Presidente Markon Machado, vice Thiago Vedana,  Tesoureiros Douglas Pequeno e André Amaral, Pres. Do Conselho Fiscal Ismael Santos, todos componentes eleitos pela Chapa Fenix como novos diretores da UPEr. O grupo desde então tem procurado descentralizar as ações da Instituição e encontrado parceiros dos diversos segmentos da sociedade.
            Assim que eleita, a nova diretoria da UPEr passou a contar com professores de diversas escolas como Fernando Ferreira,da escola Geni Marques Magalhães, Hugo Scalon, das escolas Magsul e Ade Marques, “Cidinha”, da escola Calvoso e das Faculades Magsul, Fabio Junior, professor da escola Joquim Murtinho, Wanderley Brandão Junior, das escolas Fernando Saldanha e Miguel Marcondes, Elisvan e Marcos Diniz, da escola Pedro Afonso Goldoni, para a elaboracao do novo Desafio interescolar
            Em 2011, a UPEr oficializou o Professor Fabio Junior como novo Professor Conselheiro da UPEr, ganhou ainda o apoio de Claudinei dos Santos Freitas como novo Coordenador do Departamento Jurídico e Diovano César passou a ser o novo Coordenador do Departamento de imprensa. O grupo em nenhum momento mostra-se fechado e sempre recebe novos apoios e novos lideres, recentemente Aline Soares, estudante aprovada no processo seletivo da IFMS  assumiu a Secretaria Geral da UPEr.
            A Diretoria da UPEr tem procurado consultar e viabilizar o apoio de todas as Escolas de Ponta Pora, em todas as suas reuniões, tem contado com integrantes oficiais de todas as Instituições que disponibilizam Ensino Médio e Superior.
            Neste ano será promovido um Festival de Talentos para comemorar o dia do estudante, em 11 de agosto, evento que ocorrerá na Faculdade Magsul, onde os estudantes das diversas instituições exibirão seus talentos musicais.
            A partir de setembro, a organização promete realizar uma nova edição do Desafio Interescolar que terminará com a eleição da Garota e Garoto Estudantil, de nível médio e superior.
            Atualmente, os estudantes sócios da entidade, possuem desconto na Lanchonete e Sorveteria Baturite, Click Cyber, Restaurante Coma Bien, Academia Stronger Gyn, Escola de kung fu Dragões de Fogo e Cyber Área 51, alem do direito assegurado por lei, a meia-entrada em qualquer evento publico.


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

2º Fase da OBI

Alunos da Escola Mendes Gonçalves participaram no dia 22/08/2014 da 2º Fase da Olimpíada Brasileira de Informática.